Memórias

terça-feira, março 28, 2006

Esta noite sentei-me no chão para assistir a uma das minhas séries favoritas. No meio do programa, olho para a estante que está a minha frente, logo abaixo da tv, e um livro me chama a atenção. Eu o pego e reconheço, com alegria, um livrinho que comprei em 12 de janeiro de1993 (uma das minhas manias é anotar no livro o dia em que o comprei), quando eu tinha 14 anos.

É o "P.S. Eu te amo - Quando Mamãe escrevia, ela sempre guardava o melhor para o fim", de H. Jackson Brown Jr. Ele selecionou, nas cartas que recebia da mãe, as mensagens que mais lhe agradaram e reuniu neste livro. Sempre gostei de lê-lo por causa de suas mensagens curtas, mas cheias de sabedoria e significados. Divido uma delas com vocês, mas também com o intuito de dedicá-la a uma pessoa em especial. Sei que ela vai entender quando ler...


"P.S. A coisa mais importante que um pai pode fazer pelos filhos é amar a mãe deles.

Seu pai faz a parte dele maravilhosamente bem.

Eu te amo,
Mamãe"

Meu P.S.: Eu também concordo que pai não é aquele que gera, e sim aquele que cria.

1 comentários:

Amorosa disse...

Amika, sonhei com seu blog! Sonhei q haviam um monte de post´s para eu ler! rsss