Mulher de fases

quinta-feira, julho 14, 2005

Mulher de Fases

Percebi recentemente que sou como a Lua: a cada 28 dias eu me recolho para avaliar a minha vida. É claro que este período coincide com a minha tpm, o que torna as minhas avaliações um pouco mais deprimidas, mas ainda assim não deixam de ser válidas.

Neste período, fico mais calada, mais quieta, pensando e ouvindo mais do que falando e agindo. Frequentemente fico também triste por não conseguir levar as coisas do jeito que eu gostaria. Mas também chego à conclusões muito interessantes. Como por exemplo, que eu levo minha vida como se tudo fosse uma emergência. E que preciso ter mais paciência para que as coisas se desenvolvam a contento. E que preciso aprender a curtir o presente, sem ficar pensando sempre no futuro...

O Gustavo me diz que eu me exijo demais. Talvez. Não sei se a exigência é demais, mas não sei fazer de outra forma. Não chego a ser perfeccionista, mas procuro fazer com que as coisas funcionem corretamente, do modo que acho que elas devem ser. E me cobro sim, quando não consigo. Aos poucos, vou aprendendo a relevar algumas coisinhas...

1 comentários:

Amorosa disse...

Oie, passei por aqui.
É isso mesmo, a gente não escolhe como quer ser.